24 de fevereiro de 2011

O que perdura


A semente plantada na terra
Aos poucos se transformará
Se for regada e amada
Muitos frutos ela dará.


O amor pra ser duradouro
Precisa ser cultivado
Ainda que existam espinhos
Não pode ficar abandonado


Da vida a gente só leva
O que ficar no coração.
Amar, educar, ter amigos
E a quem se estende a mão.


Assim o casamento
Que é festa e celebração
Vai perdurar enquanto
Houver amor no coração.

Hermes José Novakoski