22 de junho de 2011

“ISTO É O MEU CORPO” (Lc 22,19) - Reflexão de Corpus Christi

A festa do Corpo e Sangue de Cristo, também conhecida como Corpus Christi, é um momento de fé onde os cristãos católicos manifestam seu amor e fé a Jesus presente na Eucaristia.

“A festa de Corpus Christi não é veneração supersticiosa de um pedacinho de pão, nem simplesmente ocasião para procissões triunfalistas pelas ruas. É comprometimento pessoal e comunitário com a vida de Cristo, dada por amor até a morte.” (Vida Pastoral – maio-junho 2011 – ano 52 – n. 278, p. 59).

Adorar Jesus Eucarístico não é um simples e qualquer gesto, mas uma grande atitude de fé e de compromisso com a vida e a pessoa de Jesus.

A Eucaristia não é um pedaço de pão, mas como Jesus diz, é o seu próprio Corpo (“Isto é o meu corpo” – Lc 22,19) dado por nós, para nos alimentar e fortalecer em nossa missão. É pão vivo, descido do céu e que conduz à salvação, à vida eterna; “Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente” (Jo 6,51).

Comungar é permanecer em Jesus e Jesus permanecer em nós: “quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele” (Jo 6,56). Por isso é que comungar é compromisso. Quem comunga e não se compromete com o projeto de Jesus não entendeu o verdadeiro sentido da Eucaristia.

Desejo que a celebração de Corpus Christi nos fortaleça em nossa missão de evangelizadores e nos comprometa sempre mais com o projeto de Jesus e a vida dos irmãos, especialmente os menos favorecidos.

A Eucaristia é o ponto de unidade entre nós cristãos.

Que Ela nos fortaleça e anime na comunhão.

Pe. Hermes José Novakoski, PSDP