11 de dezembro de 2015

ALEGRAI-VOS!

Queridos e amados irmãos e irmãs.

Eis que o Natal se aproxima e a Palavra de Deus nos faz um convite enfático: Alegrai-vos! Esta é a Boa Notícia que chega até nós, o próprio Salvador, o Filho de Deus. A sua vinda deve ser motivo de muita e verdadeira alegria, pois Ele foi anunciado, desejado e esperado a séculos por muitos.

A Leitura da Profecia de Sofonias (3,14-18a), que foi escrito por volta dos anos 600 a.C., já fazia este convite ao povo: “Não temas. Não te deixes levar pelo desânimo! O Senhor, teu Deus, está no meio de ti!” Esta Palavra vem em cheio ao nosso encontro, pois vivemos como se Cristo não fosse a nossa esperança e a nossa verdadeira alegria. Porém, se Ele ainda não é a nossa alegria, é porque não o conhecemos suficientemente e não o amamos. Apesar dessa nossa indiferença, Ele continua caminhando em nosso meio como nosso Deus, como um grande amigo.

São Paulo aos Filipenses (4,4-7) também é incisivo: “Alegrai-vos sempre no Senhor; eu repito, alegrai-vos!” Precisamos acreditar de fato que este é um convite verdadeiro feito por alguém que experimentou a verdadeira alegria do discípulo. Alegria esta que nem a cruz e as perseguições podem tirar porque nasce do encontro com aquilo que é o essencial na nossa vida.

Neste terceiro Domingo do Advento, o convite à conversão aparece novamente. E este caminho que cada um é convidado a fazer nos levará a esta grande alegria que o Antigo Testamento já nos convidava e que os apóstolos puderam experimentar verdadeiramente. Não podemos buscar a Cristo e viver os valores do mundo. Haverá confusão em nosso coração e não teremos paz. O verdadeiro caminho de conversão nos leva a uma radical adesão dos valores do céu. Não podemos viver o amor à Jesus Cristo pela metade.

O Senhor vem ao nosso encontro na Palavra e na Eucaristia. Quão grande deve ser a alegria. Quantos desejaram ver e não viram; desejaram ouvir e não ouviram.

Não deixemos que nos roubem a verdadeira alegria, Jesus Cristo!

Boa caminhada a todos nós. O Natal de aproxima. Anunciemos esta alegria!

Pe. Hermes José Novakoski, PSDP.