3 de dezembro de 2015

PREPARAI O CAMINHO DO SENHOR

Continuamos firmes e com esperança nossa caminhada rumo ao Natal. Cristo é a nossa esperança diante de um mundo marcado por tantos sinais de morte e indiferença.

Neste segundo Domingo do Advento temos a extraordinária figura de João Batista que aparece denunciando e anunciando. Ele é a voz que clama, que grita, que convida o povo para voltar ao Senhor. Precisamos da coragem e da ousadia deste profeta para gritar ao mundo: DEUS É AMOR! CHEGA DE MORTES E INJUSTIÇAS! DEUS É MISERICORDIOSO!

Em meio a tantas vozes que clamam hoje por muitas coisas supérfluas, vazias, mais alta deveria ecoar a voz dos filhos de Deus convidando todos a voltarem para o Senhor. O único caminho que pode nos livrar de todas as mazelas em que nos encontramos é Jesus Cristo. O resto é ilusão.

Estamos mergulhados nas lamas da corrupção e da intolerância religiosa. Quantos ousam usar o nome de Deus para julgar, condenar e matar. Estes não entenderam a mensagem de Jesus que promoveu a vida em plenitude para todos. Todas as formas de morte são uma agressão contra o próprio Criador. Tudo o que destrói a vida, não é de Deus.

Inspirados em João Batista, somos convidados a percorrer todos os caminhos da nossa sociedade e anunciar a misericórdia de Deus. No próximo dia oito de dezembro, solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, o Papa Francisco, abrirá oficialmente o ano da misericórdia. Ao convocar este ano, ele disse que este “é um caminho que começa com uma conversão espiritual; e devemos fazer este caminho. Por isso decidi proclamar um Jubileu Extraordinário que tenha no seu centro a misericórdia de Deus. Será um Ano Santo da Misericórdia”.

Precisamos preparar o nosso coração para que o Senhor possa habitar nele de verdade. O nosso coração não pode estar de qualquer jeito, bagunçado, cheio de pecados e impurezas. Para isso existe o Sacramento da Confissão e o Coração Misericordioso do Pai.

Quando recebemos a visita de alguém sempre preparamos bem a casa e a mesa. Quanto mais devemos preparar o nosso coração para a chegada de Deus? O Advento é um tempo propício para que isso se concretize. Preparemos bem este terreno para vermos nele florescer a salvação, como nos pede o Evangelho deste Domingo (Lucas, 3,1-6).

Este Ano Santo da Misericórdia é uma grande oportunidade que Deus nos dá para voltarmos à Ele com toda fé e confiança, mas voltarmos pelo caminho certo.

Abençoado Domingo!

Pe. Hermes José Novakoski, PSDP.